domingo, 18 de outubro de 2009

Tudo Sobre Acne

Ao contrário do que se pensa, acne não é só problema de adolescente; mulheres adultas também sofrem com ela. Ainda bem que não param de surgir novas alternativas de tratamento.

O problema

Uma espinha enorme, bem no dia D. Dia daquela festa, do casamento, da entrevista de emprego. Não há mais dúvida de que acne não é só coisa de adolescente. Mulheres e homens adultos também têm. Um estudo publicado no Journal of the American Academy of Dermatology descobriu que, dos 20 aos 29 anos, 50,9% das mulheres sofrem com cravos e espinhas. Ela pode ser do tipo persistente, que resiste desde a adolescência, ou então do tipo surpresa, que surge do nada. Desvantagem extra - em adultos o tratame

nto costuma ser mais difícil.

Os porquês da acne

Em qualquer idade, cravos e espinhas, em seus mais variados graus, são resultado de uma receita certa: um espessamento da camada mais sup

erficial da pele, que entope os poros; glândulas sebáceas que produzem óleo em excesso; e bactérias que encontram nos poros entupidos e cheios de sebo o ambiente ideal para proliferar-se. É como um vulcão prestes a explodir.

Aí você pergunta: por que justo comigo e não com Juliana Paes?

>> Pode ser predisposição genética. Um estudo mostrou que pelo menos a metade dos que sofrem com acne têm um parente de primeiro grau que também teve a doença.
>> Junte a isso as flutuações hormonais, comuns nas

mulheres. Não é à toa que geralmente as espinhas aparecem uma vez por mês, quase sempre entre a ovulação e a menstruação.
>> E então vem o estresse, um dos principais agravantes da acne. Quando estamos muito cansadas, ansiosas, sem dormir, bebemos ou fumamos demais há a liberação de hormônios específicos - e dá-lhe espinhas. O pior é que o rosto c

heio delas causa mais estresse e acaba agravando o quadro.

Ainda há outras causas envolvidas, que vão desde o uso de cosméticos até doenças como a síndrome do ovário policístico. E é porque há tantos fatores que a acne torna-se difícil de tratar.


Menos açúcar, mais saúde

Um novo estudo, publicado em julho do ano passado no American Journal of Clinical Nutrition, sugeriu que pacientes que seguiram uma dieta com carboidratos de baixo índice glicêmico (pães e massas integrais, frutas, verduras e legumes) tiveram uma redução da acne, em comparação com pacientes que consumiam uma dieta rica em açúcares simples (doces, pães e massas brancos). "Ainda é cedo para conclusões. Mas quando um paciente percebe que comeu alguma coisa e surgiram espinhas, recomendo que retire o tal alimento do cardápio.

Onde procurar ajuda

Quase sempre, quem sofre de acne busca alívio na farmácia da esquina, atrás de medicamentos de venda livre. E, acredite, pode dar certo, geralmente para quem sofre de acne branda. Lá, os tops de linha são os produtos à base de substâncias de ação comprovada, mesmo em concentrações seguras de se consumir sem a orientação médica. Estamos falando de peróxido de benzoíla (de ação bactericida), ácido salicílico (que funciona como um esfoliante), enxofre e resorcinol (que, juntos, atuam contra a bactéria da acne e ainda esfoliam levemente).

Mas, se em seis a oito semanas os produtos lhe parecerem ineficazes, vá logo procurar um dermatologista e buscar um diagnóstico de especialista - e tratamento.

Quanto mais rápido você agir, menor a chance de ganhar cicatrizes.

Sabonetes, loções e antibióticos fazem parte do arsenal de cuidados. A ordem é começar com o que há de mais leve para "sentir" a pele do paciente e suas possíveis reações. Mas, hoje, os médicos andam empolgadíssimos com novas e tecnológicas soluções, capazes de, em três ou quatro sessões, deixar para trás os rastros do problema. Se a coisa realmente pegar, será o fim daqueles tratamentos compridos, com resultados a longo prazo - que acabam com a auto-estima de qualquer mulher.


Roacutan ainda é o melhor

A isotretinoína, conhecida pelo nome comercial Roacutan, ainda é, na opinião dos especialistas, o melhor remédio para a acne. As cápsulas diminuem o tamanho das glândulas sebáceas, atacam as bactérias e não deixam que as células da superfície da pele fechem os poros. Logo no primeiro mês, pode haver uma piora danada.

Mas em até seis meses, a pele fica lisinha - são raríssimos os casos em que isso não acontece. O preço, no entanto, é alto. Não só pela grana, mas pelos efeitos colaterais. A pele e os lábios ressecam e descamam, os olhos também ficam secos.

E há riscos sérios envolvidos, como a chance de má-formação fetal. Por isso, as pacientes precisam assinar um termo dizendo-se cientes de que não devem engravidar durante o tratamento. Os médicos estudam formas de diminuir tais efeitos. Como, por exemplo, receitar doses mais baixas por um período mais prolongado.

O futuro é agora

O aparelhinho aí ao lado está mais para um novo MP3 Player. Mas, na verdade, é a última novidade do mercado americano para combater a acne. Trata-se de um dispositivo para usar em casa. Ele emite energia em freqüência controlada. Ao ser posicionado sobre a espinha por cerca de dois a três minutos, liberaria calor suficiente para destruir as bactérias que causam a inflamação da acne. Tem a aprovação do FDA (o instituto americano que regula alimentos e medicamentos). Ainda não existe no Brasil, mas acredita-se que esse tipo de aparelho represente o futuro dos tratamentos para a pele.



E aí meninas como anda o rosto de vcs? Usam algun produto bom e querem recomendar? Usou algun q foi uma porcaria? hahahaa!!!
Não esqueçam de
IR AO DERMATOLOGISTA!

19 Belezzinhas Comentaram:

Shimmering Ladies disse...

Eu graças a Deus nunca tive muita espinha e por isso não tenho as marcas, mas a cretina resolve aparecer realmente naquele dia meeeeega importante, ninguém merece...

Nào posso dizer, pq só quem tem é q sabe, mas acho que o roacutan é tão prejudicial que não me arriscaria a usar não, mas enfim...

Beijinhos...

18 de outubro de 2009 15:21
ANanGeL* disse...

Arf em falar nisso...eu estou com uma espinha dolorida no queixo..ainn...
Mas fico tratando ao maximo minha pele...e ver dicas que nem essas desse post sao super uteis! Sorfro mais com cravos..as espinhas so aparecem por que mecho nos cravos e o poro fica infecionado e vira espinha...aiaiia...
mas preciso parar com essa mania!

bejao querida otima semana!!

seja sempre bem vinda ao meu blog
e obrigada pela visitinha!


www.grapexgirl.blogspot.com

18 de outubro de 2009 17:34
Raquel disse...

Amiga...as vezes a maldita acne me pega...
Queria ter uma pele tipo ana paula arosio

18 de outubro de 2009 19:20
Camila disse...

Hm, eu só tenho problema com espinha quando a "maldita" tá pra chegar. Mas tenho cravo. =( Nada muito perceptível, eu faço esfoliação na pele pelo menos 2x por mês. E as minhas sardas disfarçam. ^^ He heee!

18 de outubro de 2009 20:53
Lílian santana disse...

Oie!!não tenho problemas graves com a minha pele,só as vezes q parece a temida e chata espinha.
O négócio mesmo é a prevenção,uso sabonete para combater a acne ,esfoliante e gel de limpeza
a e claro ,filtro solar em gel.
adoreii seu blog

bjúss

meu blog*
http://mylilinda.blogspot.com/

18 de outubro de 2009 22:00
Fernanda disse...

coloquei seu link "banner" ou "selo"rsrrs cada um dá um nome, no meu blog pq sempre leio aqui tá? beijo.

18 de outubro de 2009 23:40
Sther & Elló disse...

Eu nunca tive muita espinha uma irmã a Elló sim ela sofreu alias sofre até hoje com isso a pele dela é hiper oleosa.
Bom Bruh estou fazendo um sorteio no meu blog ficaria feliz se vc divulga o sorteio aqui no seu blog tá bjusss conto com vc lindah tchau!!!

http://hotmakeuptips.blogspot.com/search/label/sorteio

19 de outubro de 2009 00:28
Lidia disse...

Oi querida!!
Desculpe o sumiço... mas sempre que dá to por aqui...hehehe

Se vc quiser eu divulgo seu bloguinho sim!! x)
Aih me manda descrição se vc quiser!! ;)

Acne eh triste... ainda bem q agr deu uma aliviada com os produtinhso q estou usando! hehehe

Beijos!

19 de outubro de 2009 11:27
Fernanda disse...

Obrigada por visitar meu blog viu! nao tenho selinho nao!

Beijo!

19 de outubro de 2009 13:28
Aline Prado disse...

nossa ninguem merece espinha ne? :/
uma coisa que adianta e MUITO pra minha pele e beber muuuuita agua! :)
bruzinha to seguindo voce ja ta?!
beijocas!
:*

19 de outubro de 2009 17:24
Priscilla Watanabe disse...

Oi Bru! Tudo bem?

Menina, queria saber se você recebeu meu e-mail!
Estou fazendo de tudo para guardar a paleta para você, mas está complicado, pois as meninas estão doidas perguntando dela! iahiahaia

Gostaria de saber se você ainda está interessada, ou se posso liberar ela novamente.

Em todo caso, você pode fazer a encomenda dela a qualquer momento ta bom?

Beijão e desculpa pela chatisse!

20 de outubro de 2009 00:13
Emanuelly Guedes disse...

Oi amigaaaa!Muito obrigada por se dispor a participar da entrevista "diva da semana",vou enviar as perguntas pro email que vc me deu,vc tem ate sabado pela tarde pra enviar as respostas junto com uma foto!Vou modificar algumas perguntas,assim fica sempre mas gostoso a gente conhecer as pessoas,beijaoooo!

20 de outubro de 2009 12:08
***Calcinha Fru-Fru*** disse...

Oi querida!! Felizmente sofro pouco com espinhas, porém cravos... meo deos! Faço esfoliação 2 vezes por semana com produtenho avon e lavo todos os dias o rosto com sabonete em gel para o rosto... mesmo assim.... ai ai viu?

20 de outubro de 2009 13:21
fflorzzinha disse...

Oi Bruh!!
Trabalhando muitão!!!
Então o blog agora tá com essse end
http://utilidadesonlline.blogspot.com/
Tô mudando algumas coisas pq naum tava curtindo muito os esqueminhas, naum tava divertido!!!

Ah minha dica e a linha Normaderm da Vichy e A linha eo effaclar k da La Roche posay!!! São muito bons, usados e aprovados!!!
Ah e pra passar na boca durante o uso do Roacuta ou Isotretinoina nada melhor que bepantol, aliás uso sempre!!!

20 de outubro de 2009 18:54
Esther cyrraia disse...

olá!!! bem, eu tenho 25 anos graças a Deus nunca me peocupei com espinhas, ja a minha irma mais velha, ja fez todo tipo de tratamento ate pilling pra diminuir as marcas e ainda nao ficou perfeito, nao sei se a genética neste caso falhou, mas eu nunca usei nada nem pasta de dente!!! rsrsrsrrs

21 de outubro de 2009 20:51
Sonia disse...

Já estou de volta!
Fui tirar umas acnes!(Risos)
Amei a sua força dada em meu blog.
Estou bem e pronta para outra!
E vamos que vamos!
Voltei tão animada que até çarticipei do teu sorteio!
Bjsss...milll...

23 de outubro de 2009 03:20
Jamis disse...

Eu uso um adapaleno a noite, o meu dermatologista que receitou...

25 de novembro de 2009 12:07
Taty Vieira disse...

Eu tive poucas espinhas na adolescência e agora depois de velha(tenho 22 aninhos)apareceu algumas persistentes,aquelas que enflamam e secam,enflamam e secam e são dificeis de sarar.

25 de novembro de 2009 14:48
Katia Ponto Cruz disse...

Acho que sou privilegiada, pois muito raramente aparece uma.
Beijos.

26 de novembro de 2009 09:53